Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Para o ano há mais.

por aquimetem, Falar disto e daquilo, em 26.02.09

Carro alegórico da Bouça de Lá

           No passado dia 22, Domingo Gordo, mais uma vez a Bajouca levou a efeito o seu acostumado "Cortejo Carnavalesco" que, de ano para ano, além de ver aumentado o empenho de toda a comunidade bajouquense na sua realização, vê ao mesmo tempo crescer a simpatia dos muitos forasteiros que já não dispensam  o carnaval da capital do barro leiriense para nessa tarde se divertirem. 

          Povo generoso, interveniente e participativo, mais uma vez essas qualidades foram evidenciadas num cortejo carnavalesco que por volta das15h00 desfilou desde o cruzamento dos Andreses até ao adro da igreja, no qual a originalidade, as tradições etnográficas, a boa música e a crítica social marcaram pontos. Aqui o meu  destaque vai para os Escuteiros que se fizeram representar com quatro grupos: Lobitos, Exploradores, Pioneiros e Caminheiros, cada um com a sua mensagem visual.

Grupo de Escuteiros

 Grupo de Escuteiros

Grupo de Escuteiros

Grupo de Escuteiros - O "Magalhães"  deu gozo....

          Depois também a Bouça de Lá. o Moital, o Vale de Baixo, a ABAD e a SAMB fizeram furor, isto para não falar da Bajouca Centro que ao fazer reviver uma antiga actividade local associada ao resinoso pinheiro, arrancou do público, e não só..., fortes aplausos.

SAMB-Banda Filarmónica

 

 

 ABAD - diz que: "ESQUEÇA A CRISE !...."

O Vale de Baixo, diz que a crise TOCATODOS

O Moital levou o Sócrates de burro....

A Bajouca Centro apostou nas vacas loucas

e no madeiro de pinho...

Aqui um escuteiro dá instruções à mulher da "vara dos

cavacos" , aos homens do pau e do serrote...

 Aqui as "vaquinhas" enganadoras...

Aqui os homens do pau , mais as mulheres e homens da

 merenda.... 

As mulheres de carrego à cabeça.... 

As que carregam à mão...

 

 O alguidar da sardinha

O boa brasa onde no fim do desfile também a boa sardinha

foi assada, comida e bem regada....

           Iniciativa cuja origem e organização se deve à Fábrica da Igreja, o objectivo até aqui tem sido angariar fundos para zelar ou enriquecer o património da comunidade paroquial, o que não aconteceu este ano, em virtude do pároco, Sr. Padre Abel, ter sugerido que o produto do "Cortejo ou Corso" de 2009 fosse distribuído pelas associações da freguesia: ABAD, Grupo de Escuteiros, GAU e SAMB. Uma atitude bonita e que de certo modo influi num melhor relacionamento e espírito de entreajuda destas associações que de forma diversificada servem a Bajouca.

          Parabéns a todos quantos directa ou indirectamente contribuíram para dar brilho e animação a este carnaval que com a prata da casa a Bajouca organiza. Este já lá vai!!! Para o ano há mais 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:43


7 comentários

De Anónimo a 28.02.2009 às 12:00

Olá sr. Costa Pereira, grande reportagem esta!
Nunca apreciei carnaval; mas vejo que foi para angariar fundos para obras boas; ainda bem que há espiritos que se dão a esse trabalho todo, é sempre bom para as comunidades das nossas terras.
E depois foi tudo á "Quarta-feira de Cinzas"?...
É que só se vê aqui festa ...
Bom fim de semana ao Senhor.

De aquimetem, Falar disto e daquilo a 28.02.2009 às 12:59

Também não morro de amores por esta festa popular, mas acho piada ver algumas pessoas mostrar aquilo que escondem ou tentam esconder durante todos os dias do ano: a sua mascara! Na Bajouca como colaborador do jornal paroquial ELO, duma forma ou outra tenho procurado dar o meu apoio ao corso...Até porque é só um dia: Domingo antes da 3ª-feira de Carnaval. Dá tempo para recompor da folia e pensar que a Quaresma começa com a 4ª-feira de cinzas e nos convida a viver de acordo com a nossa condição de filhos de Deus. Um abraço e muito obrigada pela visita e comentário

De MundodaAlegria a 02.03.2009 às 22:06

Do fundo do coração muito obrigado pelo comentário, fazemos o que está ao nosso alcance para ajudar esta princesa q mora nos nossos coração, saudações
Mundo da alegria

De Costeira da Murta a 06.03.2009 às 12:31

Gosto particularmente dos seus "post" que incluem notícias da Bajouca, minha querida terra.
O Carnaval, como é brincado na Bajouca, tem sido, nos últimos anos, uma autentica festa de convívio entre as pessoas, que contribui para a sua união. Brinca-se ao profano de forma saudável. Obrigado por dar a conhecer a Bajouca e as suas gentes ao mundo virtual, acessível a todos os Bajouquenses espalhados pelo mundo. Bem haja!


De aquimetem, Falar disto e daquilo a 09.03.2009 às 22:44

Muito obrigado pela visita e comentário. É a única forma que tenho para agradecer o acolhimento e a gentileza dos bajouquenses para comigo, com amor amor se paga. Gostei do pseudónimo, sobretudo porque serviu para ficar a saber da existência de um topónimo cuja existência na Bajouca desconhecia. Bem haja.

De ciloca a 16.06.2009 às 23:03

continue a divulgar esses acontecimentos somples mas alegres. São a alma de um povo, que se conhece e comunica entre si. Nós por cá na cidade grande, já não vivemos em comunidade, não nos conhecenmos , nem mesmo aos vizinhos. Acredite que quase nem as familia nuclear se vêm. cada um com seu horário, seu gosto televisivo, em casa também não nos vemos.

De aquimetem, Falar disto e daquilo a 18.06.2009 às 20:51

Durante mais duma década morei no Lumiar, e aconteceu precisamente o que diz. Ao tempo morava no mesmo piso um condómino do prédio que só descobri quem era quando um dia o vi num programa da TV .
Realmente a cidade tem este defeito terrível de não fomentar amizades, mas por culpa nossa, minha em particular. Temos que lhe dar a volta...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D