Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Festa do Folar

por aquimetem, Falar disto e daquilo, em 16.03.08

          Hoje, Domingo de Ramos, foi um dia em cheio para quem transmontano ou duriense vive em Lisboa ou arrabaldes. Ou então para quem, como eu, tenha amigos que neste dia se lembraram  festejar o  aniversário e de me convidar  para cantar os parabéns e brindar com o tradicional champanhe. É Semana Santa, mas como diz o padre Filipe, não é razão para os cristãos andarem tristes, mas pelo contrário alegres porque a ressurreição se dá neste lapso.

          Mas o dia, neste caso a tarde, tinha como disse, outras surpresas para quem de terras de além Marão faz parte da poderosa colónia transmontana de Lisboa, que para este data marcou a Festa do Folar e do Azeite, que nas instalações do  conceituado Externato Marista (ao Alto dos Moinhos) decorreu com elevado grau de qualidade e participação.

 

           Em espírito é possível estar em mais que um lugar ao mesmo tempo, mas fisicamente só num. No entanto quando se quer e se vence o comodismo o corpo quase que corre ao ritmo do pensamento...Assim aconteceu, comigo.

          Tinha-me comprometido com o Vice - Presidente da Mesa da Assembleia-Geral da Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro, a passar pelo certame e palavra de transmontano não deve voltar a trás. É certo que serviu aqui aquele adágio que diz "Mais vale tarde que nunca". Mas em prejuízo meu, pois  que não pude aproveitar o muito do que de bom teve a festa, como por exemplo a actuação e a arruada (pela Estrada de Benfica) da Banda de Murça, ou ainda a exibição do Grupo Folclórico da Casa de Cinfães de Lisboa.

          Mas ainda fui a tempo de surpreender Dr. Artur, como sempre, excelente conversador, e captar uma foto, onde também figura um fotografo que parece distraído...

          Mereceu a pena, pois fiquei a conhecer parte das amplas instalações do Externato dos Maristas, em Lisboa, da força que representa a presença transmontana na capital e da influência que a Casa de Trás-os-Montes tem nos meios  sociais e culturais da cidade alfacinha.

          Gostei do que vi, dos muitos expositores de produtos da nossa região, e dos artistas que fazem parte do Grupo Maranus, e da gente transmontana que ao som da música do Maranus dançou e animou o certame. Ah! E gostei sobretudo ter encontrado pessoas que já não via há muitos anos, como, Prof. António Guilhermino Pires, de Murça, e Dr. Jorge Valadares, de Chaves; bem como o Padre Saldanha que de Fátima veio propositadamente assistir à festa do folar

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:42


7 comentários

De aquimetem, Falar disto e daquilo a 21.03.2008 às 00:46

Bem haja. Se não era a minha amiga nem dava conta que que um dos meus meus blogs no passado dia 19 mereceu destaque nos Blogs do Sapo. Mais uma vez obrigado e uma santa Páscoa.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D