Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sabores da nossa região

por aquimetem, em 30.11.13

          O Campo Pequeno é uma das artérias famosas da capital, com a parte central ocupada pela bonita praça de touros e o seu concorrido centro comercial. No Nº 50, 3ºEsq., dessa artéria, fica também situada a sede da Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro, a mais antiga associação regional portuguesa. Foi ali que no passado dia 29, pelas 18:h00, o Dr. Jorge Laje fez o lançamento de mais um valioso trabalho à volta do que foi um dos principais alimentos da nossa população rural e não só: a castanha.

           MEMÓRIAS DA MARIA CASTANHA, uma obra que vem no seguimento de "CASTANEA, uma dádiva dos deuses", é mais um interessante titulo deste distinto estudioso mirandelense, nascido em Chelas, freguesia de Cabanelas, a 06/04/48. Obra prefaciada pelo consagrado escritor A.M.Pires Cabral, que a certa altura faz saber:  “Estas Memórias são uma espécie de vade-mécum da relação do povo com a castanha. Ensinam muito; mas, mesmo quando não ensinam fazem recordar – e qualquer das coisas é bem-vinda. Por isso aconselho a sua leitura pousada, como se tratasse de um romance amável, feita naqueles momentos em que acorda dentro de nós o apelo da ruralidade, que só se sacia indo ás fontes”.

           Apresentação do livro foi confiada ao Dr. Armando Palavras e o ao Dr. Virgílio Nogueiro, que da obra e do seu autor fizeram a justa exaltação, abordando temas relacionados e a-propósito. Os intervalos foram animados com  música por Dalila Alvares que à flauta deliciou o auditório tocando Lisboa Antiga e Rosinha dos Limões. Muito aplaudida e apreciada

          Recorde-se que este livro é um trabalho etnográfico único em 50 Municípios, das Ilhas, ao Algarve e até Montesinho, sobre a Castanha e o Castanheiro; obra que como me segredou o Dr. Armando Palavras, merecia as boas graças de qualquer das ditas grandes Editoras Nacionais. A interioridade também na divulgação cultural se faz notar. Mas, adiante. Em ambiente social muito agradável e com bastantes presenças, a cerimónia contou com figuras conhecidas e amigos pessoais de autor, como o consagrado pintor plástico António do Carmo, o Dr. Guilhermino Pires, o poeta Dr. José Rodrigues Dias, a mondinense Mgraça Matos, sempre disponível para divulgar os poetas e escritores transmontanos. E eu que se não fosse a generosidade de uma conterrânea, já nem livro conseguia apanhar. Bom sinal.

          A jornada terminou com um animado magusto, magusto com castanha Côta de Vila Pouca de Aguiar e Jeropiga/Vinho da Adega Cooperativa de Valpaços. Também, esta, uma das melhores vias divulgadoras dos produtos e sabores da nossa região.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:32



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D