Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A cozer para a Etiópia...

por aquimetem, em 02.01.12

          Rara era a paróquia antiga deste país que dantes não tivesse na sua área geográfica uma propriedade ou sítio conhecido por Olival do Santíssimo ou termo com esse significado. Da paróquia ou da irmandade encarregada de alimentar acesa a lamparina do SS Sacramento em todas as terras onde a oliveira se desse e existisse igreja matriz havia também o olival cujo azeite produzido se destinava a esse fim.

          Com a chamada evolução que deu cabo da nossa agricultura e deixou de se fazer a iluminação à luz da candeia, lá se foram os olivais do Santíssimo, e os do pobre agricultor, que passou a temperar o caldo com óleo de palma importado!!!

          Ficou o topónimo, que pelo menos um ainda hoje se pode localizar entre Caneças e a aldeia de Dona Maria, em Almargem do Bispo, onde também existe o lugar chamado Bajouca. Se entretanto o quiserem visitar tem de ser antes de todo esse espaço estar transformado em caixotes de cimento para habitação, parte já começou. Mas tudo isto só para dizer que o olival da igreja da Bajouca de que aqui se fala de vez em quando nada tem a ver com estes olivais, este foi adquirido já maduro e só com o objectivo de alargar o património paroquial que fazia falta junto à igreja.

          Aquisição feita pela comunidade paroquial de Santo Aleixo da Bajouca que veio satisfazer uma lacuna que se notava sobremaneira por ocasião das festas ao padroeiro e mesmo aquando dos actos com maior afluência na igreja e até na Junta de Freguesia. Mas além de espaço para estacionamento nele se construiu um pequeno telheiro que resguarda os fornos destinados a dar apoio ao serviço de restauração nas festas e convívios da comunidade bajouquense e que muito jeito faz

       

          Mas muito para além disso é a sua benemérita utilização e o labor que aos fins de semana ( manhãs de sábado)  o generoso casal Fernanda e José  Soares faz destes fornos ao colocá-los a cozer pão cuja receita da venda vai direitinha para o Projecto Missionário que o Verbo Divino tenha destinado nesse ano. Já foi para Moçambique, Haiti, Timor e Angola, o de 2011/12 é de solidariedade com os povos da Somália e Etiópia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:06


2 comentários

De mg a 03.01.2012 às 11:03

Também haviam lá pelo Norte, os fornos públicos nas aldeias, o forno comunitário... -seria trabalhoso, mas era bonito e tradicional.Tudo seguia com normas : o respeito pela vez, o deixar tudo pronto para quem viesse a seguir, até deixavam fermento, de uma cozida para a outra, para o que se seguisse

Aqui na Bajouca, pois está tudo dito- Bem hajam pela SOLIDARIEDADE, PELO EXEMPLO HUMANO!
É assim que o Mundo se pode mudar para melhor...
PARABÉNS!!

De aquimetem a 03.01.2012 às 14:51

Forno comunitário não conheci em Mondim, nem Celorico de Basto, mas moinho sim. Um na aldeia de Vilarinho conhecido por munho do ribeiro"; era de vários herdeiros que ali iam moer. Agora na Terra Fria além do forno até o boi das vacas é da comunidade. E o mais rico da terra. Mas que a Bajouca em solidariedade é fora do cumum ninguém duvide disso. Bem haja

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D