Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




SANTO E FELIZ NATAL!

por aquimetem, em 20.12.11

 

          COM VOTOS DE SANTO E FELIZ NATAL E UM 2012 DE CARA ALEGRE PARA AFUGENTAR A CRISE

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 19:42


Dia 8 de Dezembro

por aquimetem, em 08.12.11

         

           Como reza o adágio é de “manhã que começa o dia”, por isso não esperei, como ontem aconteceu, de deixar para de tarde a minha participação na Eucaristia deste dia Santo, e em vez de como tinha pensado ir às 19h ao Oratório de São Josemaria, onde também uma Novena com Missa e Salva Rainha cantada decorreu em honra de Nossa Senhora, antes decidi por me ficar pela minha área de residência e na modesta, mas muito acolhedora  igreja de São Lourenço, dar por finalizada a tarefa de viver o melhor que pude esta Novena da Imaculada Conceição. Novena em que num dos textos que serviram para meditação no Oratório de São Josemaria, se recorda: " A Novena da Imaculada Conceição é um costume que se foi enraizando na Igreja para preparar a grande Solenidade do dia 8 de Dezembro.

          São Josemaria aconselhava aos seus filhos do Opus Dei que cada um a vivesse pessoalmente, no modo que considerasse mais oportuno; pondo mais empenho na conversação com Nossa Senhora, com delicado esmero na oração, na mortificação, no trabalho profissional; e procurando que os familiares, amigos e conhecidos - quantos mais melhor - se abeirassem de Jesus Cristo por intermédio da nossa  Mãe. A Jesus sempre se vai e se "torna" a ir por Maria (São Josemaria, Caminho, 495)". A foto que recolhi esta manhã no reservado ao Santíssimo Sacramento da Eucaristia, na igreja de São Lourenço, é um bom exemplo com a imagem  de Nossa Senhora ao lado do sacrário. 

 

          E ao terminar da jornada seria ingratidão minha e de qualquer português com sentimentos patrióticos não se lembrar, nesta data, daquele nosso rei que nas Cortes de 28 de Dezembro de 1645, conduziu os três Estados do Reino a elegerem  NªSª da Conceição, por defensora e protectora de Portugal e seus territórios. Alias, D.João IV intitulava-se não só soberano de Portugal, mas também Senhor da Guiné e da Conquista, Navegação e Comercio da Etiópia, Arábia, Pérsia e Índia.

        A deliberação solene aconteceu a 25 de Março, dia de Ramos, de 1646, perante toda a Corte, tendo então D. João IV, pronunciado: " - assentamos de tomar por padroeira de Nossos Reinos e Senhorios, a Santíssima Virgem, Nossa Senhora da Conceição, na forma dos Breves do Santo Padre Urbano 8º. obrigando-me a aceitar a confirmação da Santa Sé Apostólica e lhe ofereço em meu nome e do príncipe D. Theodósio, e todos os meus descendentes, sucessores, Reinos, Senhorios e Vassalos a Sua Caza da Conceição sita em Vila Viçosa".  Passados cerca de 25 anos a Igreja confirmou o delibrado por D. João IV, e  Portugal vê reconhecido o seu amor à Virgem Santa Maria, cuja festa a 8 de Dezembro vem em tempo de Advento ajudar na preparação do Natal.  Ele está aí, vamos entrar no 3º Domingo do Advento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:52


NS do Amparo

por aquimetem, em 07.12.11

          Praticamente a tarefa com que me comprometi concluir a Novena da Imaculada que iniciei no passado dia 30 de Novembro, mês das almas, está a chegar ao fim. Como a maioria dos cristãos que procuram ser verdadeiramente fieis à Igreja e a sua Mãe Maria Santíssima, também eu nesta serie de nove dias que constituem a Novena fiz por viver melhor o meu ideal cristão e de devoto da Imaculada Conceição. E uma das intenções com que iniciei a Novena foi a de que devia fazê-lo rodando pelas igrejas onde habitualmente sou freguês. Assim fiz, comecei por NS da Vitória, São Domingos, São Lourenço, N.S da Luz, NS das Descobertas e hoje foi a igreja de Benfica, onde a Padroeira é Nossa Senhora do Amparo. Igreja muito acolhedora e muito frequentada, a sua inauguração deu-se a 10 de Dezembro de 1809, mas antes desta, pelo menos duas já ali tinham existido. A maravilhosa imagem da Padroeira que sobre o sacrário ocupa a parte  central  do Altar-Mor, foi ali enronizada, vindo de Madrid, em 1961.

           Não fora a festa de aniversário que ontem festejei, não sei se seria de NS do Amparo que hoje estava a dar noticia; mas talvez antes de Nossa Senhora da Porta do Céu, de Telheiras, que tinha na intenção. Mas porque a festa se prolongou, e de manhã adormeci, optei então por ir da parte de tarde a NS do Amparo. Valeu na mesma, e por isso amanhã é Dia Santo!!! Até quando?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:09


NS das Descobertas

por aquimetem, em 06.12.11

           Hoje foi uma minha dilecta conterrânea, Maria da Graça Borges de Matos quem em dia de São Nicolau, e como São Nicolau, também muito generosa, se dignou presentear-me, em dia de aniversário, com uma medalha de ourives onde mandou gravar a data " 1960 a 2011" como preito de homenagem a meio século da minha carreira de colaborador activo da Imprensa Regional ou Não Diária. Prenda que jamais vou esquecer pois foi de facto em Junho de 1960 que iniciei a longa caminhada que agora com o peso em cima de "73 dias de São Nicolau", 6 de Dezembro, começo a ser mais lento no andar...Mas com empurrões como os da Maria da Graça e a ajuda que me não tem faltado de Nossa Senhora conto ainda gastar mais alguns cartuxos de tinta e papel de escrever. De São Nicolau, que é patrono de uma freguesa de Lisboa criada no primeiro quartel de século XIII, reza a lenda que era muito generoso e amigo dos pobres a quem às escondidas dava as esmolas.

           Dele se conta que um dia terá dado um saco com moedas a uma pobre e para que não soubesse o colocou na chaminé onde ela secava as meias (dai o habito das crianças, em alguns países, deixarem as meias na chaminé à espera dos presentes). Padroeiro da Rússia, da Grécia e da Noruega, São Nicolau de Mira, o Taumaturgo, também conhecido como São Nicolau de Baú é patrono dos guardas nocturnos na Arménia e dos coroinhas na cidade de Baú, na Itália, onde estariam sepultados seus restos mortais. A personagem do Pai Natal aparece  associada a este santo do séc.. IV d. C, que foi bispo de Mira, onde morreu a 06 de Dezembro do ano 342. E que eu hoje na Missa da minha Novena cumprimentei no seu altar da igreja de NS da Vitória, dado que é o santo do meu dia.

           E porque também hoje o dia é meu, dado que calhei nascer em dia de São Nicolau, escolhi para comemorar a data o Centro Comercial Colombo que muito frequentado na zona divisória de Carnide/Benfica, concentra em si mais que o essencial para ocupar uma tarde com folga à cozinheira da casa. Até para quem tem por habito entrar todos os dias numa igreja para visitar o Santíssimo Sacramento, o pode fazer neste Centro Comercial pois desde a sua abertura, em 1997, dispõe de igreja no seu interior consagrada a NS das Descobertas. Lá foi fazer essa vista, e tirar duas fotos para este post.

          Nossa Senhora das Descobertas  do Centro Comercial Colombo - LISBOA 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:45


Caminho de vida

por aquimetem, em 05.12.11

          Nunca me canso de vir a esta igreja de NS da Vitória, onde um dos primeiros párocos que conheci em Lisboa - e tive por meu, em São João Baptista do Lumiar - é hoje o celebrante habitual na Eucaristia das 11h30: o Sr. Padre Rui Correia Leal. Depois que saiu do Lumiar voltei a encontrá-lo algumas  vezes já pároco de São Mamede, mas entretanto perdi-lhe o rasto que só voltei a descobrir quando certo dia entrei casualmente no Sacro Templo de NS da Vitória.

          Homem muito culto e piedoso e sem papas na língua para dizer as verdades, embora com muita caridade e delicadeza, lembro o que no blog Memórias dos Pupilos revela o autor,  Luís Alves de Fraga, a propósito do zelo sacerdotal deste padre : "O padre Ruy Corrêa Leal, se tivesse tais poderes, ter-me-ia excomungado do seio da comunidade católica e, por certo, também do convívio com os meus companheiros de internato. Aquilo não era forma decente de dançar! Aquilo era o pecado fardado de aluno dos Pupilos, agarrando uma qualquer mulher perdida e de perdição! ". - Isto uma gracinha a respeito de uma festa de há 50 anos, com bailarico nos Pupilos.

          Mas vamos ao principal que é a Novena da Imaculada e ao Advento que também está a decorrer e que neste seu 2º Domingo surgem a Voz profética de Isaías e João Baptista a ressoarem num apelo de conversão para a vinda do Senhor, para o Natal! As leituras convidam a preparar o Caminho, Caminho de vida e salvação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:30


Terra mariana

por aquimetem, em 04.12.11

         Hoje, 2º Domingo do Advento, continuei a minha Novena participando na Eucaristia dominical na igreja de São Lourenço que é o padroeiro da freguesia de Carnide. Embora também nesta acolhedora parcela de terra alfacinha exista um dos mais famosos santuários marianos onde à cerca de um século funciona a sede paroquial de Carnide, este domingo resolvi sair da rota sem fugir do essencial que  é cumprir os preceitos,  até porque também lá se encontra uma bela imagem de Nossa Senhora de Fátima a fazer companhia aos fieis. Depois porque também acompanhar os nossos amigos nestas caminhadas faz parte da vida social de qualquer cristão responsável e consciente das suas obrigações como baptizado.

         Mas se não fui à Luz, fui à net colher esta foto do altar-mor onde pontifica sobre o sacrário a padroeira de um templo que remonta ao séc. XV, ou seja a 1463. Igreja-ermida que a partir 1918 é reintegrada na sua expressão actual e passa a sede da paróquia de Carnide, em substituição da de São Lourenço. Esta, com raízes na primitiva que foi construída em 1342, com cemitério anexo. Sofreu entretanto obras de renovação em 1572, e mais tarde como o santuário de NS da Luz, também a igreja de São Lourenço sentiu os efeitos do terramoto de 1755 que a deixou muito arruinada e teve por isso de ser reconstruída novamente. Aberta sobre um adro murado, a igreja de São Lourenço, situa-se no extremo ocidental do núcleo histórico de Carnide, ali há missa todos os domingos  às 09h30, e entre outras actividades paroquiais consta o Centro Social da Paróquia. Como tantas outras terras portuguesas, também São Lourenço de Carnide é uma terra mariana

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:09


Durante a novena

por aquimetem, em 03.12.11

 

          Como disse em post anterior, comecei a minha Novena da Imaculada na igreja ou Sacro Templo de NS da Vitória, no passado dia 30 de Novembro; devoção cristã muito recomendada por São Josemaria Escrivà a todos os seus filhos e filhas no Opus Dei. E logo um distinto comentador que se encobre sob o pseudónimo de Costeira da Murta vem com o seu acostumado engenho e saber destacar o que merece realce ou ser melhor realçado. Desta igreja cuja origem remonta a 1556 dei já noticia em post de 10 de Maio de 2006 no blog Portugal, minha terra, onde a encerrar, lembrava: " E são muitos os que diariamente por ali passam e rezam....". A maioria, também, gente anónima... Não foi porem para falar dessa igreja que, aos sábados até se encontra fechada, venho hoje falar, mas de outra muito mais antiga que também na baixa lisboeta faz parte do património religioso da cidade e remonta ao séc. XIII: a igreja de São Domingos (Santa Justa).

          A sua primeira pedra terá sido lançada em 1241; e daí até 1959, ano em que um violento incêndio destruiu todo o seu interior e abalou as suas estruturas, experimentou vários estilos que medeiam entre o medieval e o maneirista. Depois de restaurada após o incêndio de 59, a igreja de São Domingos, paróquia de Santa Justa, reabriu ao publico em 1994. Além de muitas imagens ali, mantem exposto metade do lenço usado por Lúcia no dia 13 de Outubro de 1917, e o terço usado pela beata Jacinta Marto no mesmo dia. Mas como a imagem que ontem divulguei, da "Rainha de Portugal", ladeada por Santa Luzia e NS do Carmo; hoje, terceiro dia da Novena, realço a imagem que suponho de Nossa Senhora da Assunção que ladeada pelas irmãs Rufina e Justa ocupa um dos altares do corpo central do famoso templo alfacinha. E certamente que não deve ser novidade para o Sr. Costeira da Murta lembrar aqui que Santa Justa e Santa Rufina são as patronas dos oleiros, o que para alguém que como ele também se mostra relacionado com a capital do barro leiriense, a Bajouca, e como eu visitador de lugares onde " A luz ambiente é ténue e acolhedor" recomendo-lhe uma visita a São Domingos e se durante a Novena da Imaculada melhor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:10


Nobreza e patriotismo

por aquimetem, em 01.12.11

           Que a cidade de Lisboa tem tido responsáveis políticos dignos de ser designados por "PORTUGUESES" com letra grande, não tenho dúvida, pois disso mesmo dão testemunho, na baixa alfacinha, os topónimos Rua 1º de Dezembro, a Praça dos Restauradores e Praça de D. Pedro IV. Mas que actualmente os lisboetas, e o resto do país, por indiferença ou ignorância histórica parecem ter perdiido a noção do que é ser livre e independente, também não duvido nada.

          Foi nesta data, 1º de Dezembro de 1640, que  um grupo de  fidalgos portugueses, cerca de 40, na manhã desse dia pôs termo a um lapso de 60 anos em que Portugal esteve governado pela dinastia Filipina, e graças à coragem e patriotismo desse nobres compatriotas somos hoje um país que se quer livre e defensor da liberdade responsável.

           Não quero acreditar, mas ao que dizem as más línguas pensa o governo pôr fim a este feriado nacional, o que a ser verdade só mesmo de quem já se vendeu a Castela. Que da parte de manhã vi uma tenda deserta e vedação à volta do monumento aos Restauradores, vi. Será que vai ser também posta a leilão? Haja nobreza e patriotismo.

          E como ontem dizia, hoje a tarefa ia continuar, e continuou esta manhã com Missa e uma Salve Rainha na igreja de São Domingos, muito juntinho a esta bela imagem da Padroeira de Portugal, que no próximo dia 8 é solenemente festejada em todo o país.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:20


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D