Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




em honra da filhota

por aquimetem, em 23.04.08

          Esta menina fez três anos no passado dia 14, e fez também o favor de mais uma vez me obrigar a ir até ao "salão de festas dos 13" para em sã camaradagem passar um daqueles bons momentos que a vida tem, assim os homens e mulheres os saibam valorizar.

          Que o diga o nosso diácono João Paiva aqui todo satisfeito a rir-se com a cunhada e "mãe babada" em quanto o Rui muito concentrado mais parece dizer que de laranjada já basta...

          Do topo da mesa os atentos anfitriões vão controlando a situação que o mesmo é dizer: que cada um se desenrasque porque comer e beber é coisa que nesta hospitaleira casa não falta, e quem quiser repetir que levante o rabicho e vá ao tacho e à garrafeira que estão perto.

          Comemorar efemérides na data correspondente já não se usa se calham a meio da semana. Os convidados são gente ocupada  e por isso só ao fim-de-semana têm vagar para alargar o cinto... Estou a falar por mim! Se assim não fosse, quem como eu, que vai de Lisboa ou arredores, por certo não podia, além do beijinho na Ângela, aproveitar os sabores  que tem os petiscos que os "pais babados" como estes  preparam para estas ocasiões, como  no  passado Sábado, dia 19, foi o caso. As fotos são testemunho bem elucidativo.

 

          Adorei este convívio familiar que um aniversário motivou e me obrigou a trocar Mondim pela Bajouca. Recordo que  tinha um convite para nesse dia estar na Região de Basto, onde na vila de Mondim teve inicio um certame cultural que se prolonga até hoje dia 23. Mas família é família. 

           Depois só o prazer de ser fotografado por uma artista como a Helena dá gosto a qualquer tio, ainda que só por afinidade. E se repararem bem hão-de ver que fiquei coradinho e sem cabelo. Não me confundam com o Rui que está de costas e não usa óculos!

           Foi um fim-de-semana em cheio este ultimo que passei na Bajouca, tudo graças ao aniversário da Ângela e à consideração que nutro por este casal de sobrinhos  aqui no partilhar do bolo em honra da filhota

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:04


dentro e fora do PSD

por aquimetem, em 17.04.08

          Aqui está uma das atitudes que muitos dos políticos deste País deviam tomar sempre que a maioria dos seus eleitores discordassem das  ideias e  projectos do eleito; por certo que a política passava a ter mais respeitabilidade e os portugueses a melhor saberem  votar...Tudo isto para louvar a atitude de Luís Filipe Menezes, que vendo-se criticado pelos de dentro e fora do PSD decidi-o esta tarde demitir-se  e convocar eleições directas para 24 de Maio.

          Prometeu também num repto a quem o tem criticado que "não está na corrida" ao cargo, e acrescentou que é "chegada a hora de ver os críticos nesta batalha. Não há desculpa, acrescentou  Menezes.

          Exemplar autarca com uma obra notável à frente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, de novo regressa ao lugar donde nunca devia ter saído; sobretudo numa altura em que a loucura (e não só) tomou conta dos políticos e dos partidos.

          Há que sair da confusão e mandá-los ao psiquiatra, ou  então mandá-los  para aquela banda ... que Alberto João Jardim sabe e de vez enquando manda para lá alguns... Nunca a coragem, nem a lígua  lhe faltem!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:36


haja paz, haja alegria!

por aquimetem, em 04.04.08

          A "Visita Pascal" ou, como se diz no Norte, o "Compasso", na Bajouca este ano só termina no 4º Domingo da Páscoa, dia 13 de Abril. Com duas paróquias para atender, o Sr. Padre Abel nem com a ajuda do Padre Jorge, um polaco que já se acostumou a vir por esta altura dar-lhe  a sua ajudinha, consegue reduzir, em tempo, o prolongado da Visita.   

           Para contentar a todos a Visita é feita alternadamente pelos diversos lugares de ambas as freguesias, Bajouca (Leiria) e Carnide (Pombal).  E com a curiosa particularidade de em cada um desses lugares ser celebrada Missa, prosseguida de Convívio, em casa de um paroquiano que para o efeito a disponibiliza e que por norma é dos últimos do lugar a receber a Visita. Este ano, na Bajouca Centro, a  Visita calhou no dia, 28 de Março, Sexta-feira de Páscoa, e teve inicio às 18h00 para assim facilitar as pessoas que trabalham e só depois das 17h00 regressam  a casa.

          Como tenho o privilégio de ser vizinho da Residência Paroquial fui dos primeiros a receber a Visita, aqui também muito original com o Sr. Padre Abel a ser acolitado pelo Fernando "Ladeira" que veio propositadamente de França para participar nas cerimónias  pascais da sua aldeia, do Rui da  Belita ", sempre pronto para o que der e vier, e de  duas caras "novidade" que este ano deram à Visita um ar feminino: a Isabel Sousa e a Catarina da Madalena "Ladeira".  Uma equipa à maneira, esta!

          A celebração Eucarística teve início às 20h00 e no fim deu-se o Convívio. A casa disponibilizada foi a do Ramiro "Rato", na Rua Conº Góis.  Muito participada e só faltou quem não pode ou não fez lá falta.

          Aqui o anfitrião dá as boas vindas a todos os presentes que saúda erguendo um "porto" em honra deles, da minha também que por afinidade até somos aparentados.

          Foi de arromba! Que o digam as imagens  que mostram aqui os olhares dos comensais apenas fixos na mesa, a fazer lembrar aquele adágio que diz: " Ovelha que berra, bocado que perde". 

          Chegada a altura dos donos da casa dizer entre si: "vamos nos deitar  que as visitas querem ir embora", foi então o momento de cada um começar a guardar as sobras do que levou para uma ceia partilhada, e de seguida se encaminhar em direcção ao Virgílio Sousa, onde foi ofertado  um cafezinho que alguém pagou a todos os presentes. Pareceu-me ser benzido...

          O bonito fui ali. Enquanto eles falavam de si... e dos outros...; elas, fugindo à regra, deitam mão do baralho masculino e vai de sueca até alta madrugada. Assim é que é: Haja paz , haja alegria!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:07


Uma tarde nas Cortes...

por aquimetem, em 01.04.08

          No passado sábado, dia 29, fui convidado por pessoa amiga, a visitar a sua terra natal, que é precisamente a mesma, onde nasceu  o pai do Dr. Mário Soares: as Cortes! As Cortes é uma freguesia do concelho de Leiria com uma área de 16,33km2 e pelo censo de 2001 ocupada por 2854 hab. Tem vários sítios e lugares dignos de serem  visitados pois além da beleza que os caracteriza têm também muita história associada ao seu passado e presente. Recordo por exemplo o lugar da  Reixida, onde  em 1917, na capela de Santa Marta (dos meados do séc XVII) rezaram  as videntes  Lúcia  e Jacinta  durante uma curta estadia na povoação, que também agora  hospitaleiramente ali me acolheu numa tarde de finais de Março.

         Depois da visita a familiares e casa onde nasceu, o meu  anfitrião arrancou comigo da Reixida em direcção à "Nascente do Lis"  que alcancei  pela Rua do Nascente, onde  tomei  o trilho de poucos metros que a pé conduz  o visitante até ao local exacto que é assinalado por um poço ali construído não  sei a que titulo. O local é sedutor ! Mas água ali a jorrar de entre as  pedras só nos meses de inverno chuvoso ou dias de fortes trovoadas. 

          Agora pela margem direita do leito seco e musgoso do Lis desço com passagem pela Rua das Camarinhas até ao centro das Fontes, supondo que ver correr água no leito do Lis já só nas várzeas das Cortes ou então  já muito emporcalhadas mais para baixo de Leiria. Enganei-me! Ainda me não tinha afastado uns 50 metros da origem do leito quando reparo que em frente o rio leva água e vejo ao lado, na sua margem esquerda, a fonte donde ela saí. Um espectáculo cuja observação mais ou menos demorada recomendo a quem entretanto visite  terras de Leiria. De Inverno para ver correr água a jorros junto ao nascente do leito, de Verão para ver diversas  fontes e beneficiar da beleza e frescura que este pato selvagem  parece publicitar

          Ver aqui este rio com suas águas cristalinas povoado de peixes e aves de diversas qualidades e sabê-lo no seu percurso dos mais poluídos da região por falta de fiscalização e desrespeito ao bem comum causa dó e revolta no coração de quem ama a natureza e a respeita. Mas que fazer num País, com gente desta? 

          Enquanto aguardava que o meu condutor às ordens chegasse ao largo da capela de Nossa Senhora de Lourdes, padroeira do bucólico lugar das Fontes, para me fazer mais alguma surpresa notei junto à ponte vizinha do local existir uma colectividade denominada Associação Cultural e Recreativa Nascente do Lis.

          É uma pena se uma das suas principais actividades não for zelar pela fauna e flora de um rio cheio de encanto que do maciço calcário que ronda a região percorre, das Fontes até à praia da Vieira de Leiria, 39,5 km para se lançar sereno nas ondas do mar.

          O meu condutor chegou e de caminho vem mais uma surpresa! Agora arranca comigo das Fontes, por Abadia, até ao "Miradouro" da Senhora do Monte.

          Bem! O lugar é encantador e para encher os pulmões de ar puro nada como ali. Depois o panorama  que dali se desfruta é dos mais belos da região. Com uns  bons binóculos alcança-se a serra da Boa Viagem  e toda a costa desde a Marinha Grande até à Figueira da Foz.

          Por visitar ficou a vetusta capela, com alpendre,  da milagrosa Senhora do Monte, que se situa a nascente do lugar de Abadia e junto à estrada que das Cortes passando por esta povoação dá acesso por ali ao "Miradouro" da Senhora do Monte e ao Santuário de Fátima. Não perde pela demora.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:44


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D