Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A Magia tira o sono

por aquimetem, em 21.12.06

          Já lá vão 44 anos, parece que foi ontem ! Era Verão, trabalhava na Rua da Junqueira, em Lisboa, quando, certo dia,  ao sair do trabalho, por volta das 20h00, me encontrei, à saída da porta, com um amigo  que apenas sabia ser estudante de Direito, e ele a mim conhecia  como  ilusionista amador, por não sindicalizado.

          Começamos na conversa à volta da arte de ilusionar os sentidos, e logo me apercebi que o interesse principal do futuro advogado era que eu lhe explicasse certos "segredos"  que mais o intrigavam, mas que por norma o mágico  não deve revelar. Nos ambientes de magia até se costuma dizer : quem sabe faz e quem não sabe ensina. Aconteceu que ao ver tanto interesse do jovem pela arte, e da sua insistência em querer perceber certos detalhes que revelavam alguma aproximação com a técnica de executar os "números",  me vi tentado a  desmontar o seu raciocínio,  explicando tudo..., mas só para o baralhar, ainda mais. Sem nada ter explicado, passou-se a noite  sem se dar por isso.

          Às tantas, ouviu-se uma sirene tocar ! Era a das Oficinas Gerais do Material de Engenharia, alertando que eram 7h30!  Faltava meia hora para os funcionários iniciarem a sua laboração. Como que nada de anormal se tivesse passado, - mas passou ! uma noite sem dormir ! - comentei: será que já são 7h30 da manhã? - Ele, olhando para o seu relógio de pulso, respondeu: - não, são oito menos um quarto, o das Oficinas está atrasado. E sem jantar, nem dormir, lá fomos cada um para o nosso trabalho quotidiano. Ah, ao despedir-se ainda se saiu com esta: Dou-lhe os meus parabéns, porque o Jaucop é mesmo um ilusionista a sério, esteve aqui este tempo todo a ensinar-me... aquilo  que nenhum ilusionista  é capaz de fazer. E já agora, vou-lhe dizer: eu  também sou  ilusionista amador e sócio da API.

          - Ficamos ainda mais amigos, e desta "noitada", passadas que são mais de quatro décadas, tiramos partido para dialogar durante um encontro que em 2005 tivemos na cidade do Funchal, onde o Dr. Pegado é conceituado advogado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:28


À Volta do Natal

por aquimetem, em 10.12.06

       Figura muito conhecida e respeitada na cidade de Leiria,  Sertório  Hingá Ferreira, nasceu em 1925 na freguesia de Monte Redondo. Funcionário bancário de muito prestígio, nessa condição atingiu a reforma e na cidade que dos mais  variados modos activamente serviu se fixou desde muito jovem.  Não foi por acaso que ainda há pouco a Câmara Municipal mandou editar um trabalho seu. Mas o que eu pretendo hoje aqui é realçar este meu ilustre amigo, na qualidade de poeta distinto, indo para isso ao seu livro  "Versos Simples para Pessoas Simples"  buscar para esta quadra que começa a ser festejada os versos seguintes:

                            <  0 ANIVERSÁRIO DO MENINO JESUS

                                      Corria em Nazaré suave brisa,

                                      nessa tarde de inverno soalheiro

                                     quando, no seu percurso derradeiro,

                                      o astro-rei seus raios ameniza.

Do Tabor,onde por detrás nascera

seguiu a sua rota até ao mar.

E a noite, a largos passos,foi tomar

0 dia que,entretanto,fenecera.

                        0 Menino da casa,nesse dia,

                       fazia anos -5 anos- não sei bem.

                      E a festejá-los Sua Santa Mãe

                      fez linda festa com muita alegria.

Vieram primos, meninos também,

que com Ele brincaram dia inteiro

e à noite, reunidos ao braseiro,

recordaram os tempos de Belém.

                      Vieram prendas, oh quue linda hora!

                     para tanta confraternização.

                     Hora precisa, nessa ocasião,

                    para correrem brindes,mesa fora.

Foi então que Maria, Sua Mãe,

mostrou ao Seu Menino, deslumbrado,

as sandálias que lhe tinha comprado,

na última ida a Jerusalém.

              E no meio de tanta euforia,

             o Menino,cansado, adormeceu.

             Decerto, foi sonhar com o Pai do Céu

            que por Ele aguarda dodo o diia...

22/2/96 >

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:40


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D