Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




terra de fenómenos...

por aquimetem, em 15.05.07

A ignorância e a maldade fazem disto:

foi decepado o eucalipto! 

Pinheiro hospedeiro

O pinheiro já só com um dos seus hospedes:

o sobreiro

          Já só as gerações mais maduras se lembram de ler ou ouvir falar dos "fenómenos do Entroncamento". Durante muitos anos aquela ferroviária cidade ribatejana tornou-se famosa graças a um seu correspondente da Imprensa Diária que atento a toda a espécie de anomalias que a Natureza deixasse ver, sobretudo no reino vegetal,   lá estava o distinto jornalista   pronto, de pena afiada,  para a seu gosto divulgar mais um   "fenómeno". Nesse sentido deu nome à terra e  por isso ainda hoje é usual  dizer-se de certos motivos fora do comum: isto parecem  "fenómenos do Entroncamento" ! Olhem, esta do PS tirar um ministro ao governo para concorrer à Câmara Municipal de Lisboa, também para mim é um verdadeiro fenómeno! Não foi nem é  para dar sopa aos pobres! Era bonito se agora os lisboetas se vingavam do Sócrates, mas... para isso também o PSD tem que fazer uma escolha acertada.

          Mas eu não estou neste post para falar de política, estou para dissertar acerca do que também à tempos descobri na freguesia da Bajouca e que mereceu a minha curiosidade, pois trata-se  de um " fenómeno", de dois, melhor dito, digno de divulgação! 1º-Junto ao cemitério da localidade, existe um pinheiro manso em cujo tronco nasceram e se alimentam dois géneros diferentes de árvore: um  sobreiro e um eucalipto. 2º-Para lamentar que alguém sem respeito pelo património natural tivesse cometido a leviandade de por ignorânciia ou ruindade decepar  o eucalipto  que com o sobreiro davam àquele pinheiro   o direito de também a Bajouca figurar pela positiva como terra de fenómenos...    

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:19


5 comentários

De Mestre a 15.05.2007 às 18:59

Boa tarde.
É realmente é pena o sucedido, mas a verdade é que o eucalipto secou, por isso é que foi cortado.

De aquimetem a 15.05.2007 às 20:40

A ser assim, batatas! Deus o deu, Deus o levou....Fica a informação que agradeço, e que nestes casos... eu nunca tenha razão. Bem haja, caro Mestre. É falta de informação...

De guiga a 21.05.2007 às 16:08

Há coisas que não dá para perceber!
Estragar assim a natureza!
Também não posso ver atentados desses!

Voltei das férias!*.*

De hugorider a 21.05.2007 às 21:16

Olá meu grande amigo, que posso eu dizer, mas quanto a estes fenómenos da mãe natureza, cá eu acho incrível , já vi algumas fotos na net de coisas espectaculares, bom mas quanto ao pequeno eucalipto cortado, bom e triste ainda haver pessoas assim em Portugal, digo isto sem esquecer os fogos florestais que todos anos devastam centenas de hectares!!!
Um grande abraço directamente da Holanda

De touaqui42 a 24.05.2007 às 00:21

Fenonemos deste PORTUGAL.
Mas secou e vai dai corta-se.
Qual defesa do AMBIENTE qual CARAÇAS.
É de cortar para a frente.
Se afinal CORTA_SE SOBREIROS, CARVALHOS, AZINHEIRAS eu sei lá mais o quê, porque esperar que venha por ai um fogo que acabe com a peçonha.
Mas que era GIRO um eucalipto num base de pinheiro até que era.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D