Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Razões para uma escolha

por aquimetem, em 01.02.07

          Ainda bem que nem todos que se assumem PSs são a favor do aborto que este governo que temos, entendeu referendar. Isto quando Portugal tem um deficit demográfico assustador, na sua população jovem, e  que a  curto prazo  virá  trazer consequências gravíssimas para o genuíno povo português. Digo que nem todos, porque conheço alguns deles que no próximo dia 11 não vão respeitar as orientações do partido, mas antes as da  sua consciência que é votar pelo NÃO. 

          Saúdo esta rebeldia que mostra riqueza de valores e sentimentos humanos, que muitos da "direita", se é que existe, descoram. Também merece realce o que algumas autarquias, ao contrário do Poder Central, estão a procurar fazer com o objectivo de ver aumentado o número de nascimentos, nos respectivos concelhos, atribuindo subsídios às mães por cada bebé que lhes nasça. Estou-me a recordar de Murça cuja Câmara é PS; em Arroios (Vila Real),  e em Provezende (Sabrosa).

          Como defensor da vida  também não posso concordar com um referendo em cuja campanha o governo e partidos se preocupem apenas em conquistar simpatizantes e não em elucidar o eleiturado. E no entanto todos sabemos que  " o período que antecede o referendo não é uma qualquer campanha política, mas sim um período de esclarecimento das consciências".

         Mas será que quem mata por matar, tem consciência ? Ou então será que um feto, s.m. - "criatura animada, enquanto não sai do ventre materno", são os dicionários a dizê-lo  -  não é um ser humano ?  Para quem tem dúvidas veja a resposta que o consagrado médico obstetra e ginecologista João Paulo Malta deu a esta pergunta que lhe foi feita: - P : <Quando é que o embrião começa a ter actividade propriamente dita, e que tipo de actividade ?> - R : <Desde muito cedo, entre  o 3º e o 5º  dia após a concepção, existe uma comunicação entre o bebé e a mãe, realizada por harmonas especializadas. As mães que vêem uma ecografia às 7 ou 8 semanas observam os movimentos do corpo do seu filho e, às 9 semanas, pode registar-se a actividade cerebral do bebé >.  

          Quanto ao argumento de que votar a favor "sim" é para evitar  da mulher que abortou não seja presa é mera cantilena política, pois perguntando à Profª Doutora Cristina Líbano Montteiro, Assistente  da Faculade de Direito da Universidade de Coimbra, se a lei que penaliza o aborto pretende mandar as mulheres para a prrisão, ela respondeu que "Não. Porque a lei criminal não é castigadora". 

           Senhores interessados no negócio..., vamos lá a ser gente de bem, porque na  verdade :  " O aborto não é um direito da mulher. Ninguém tem direito de decidir se um ser humano vive ou não vive, mesmo que seja  a mãe  que o acolheu no seu ventre. A mulher tem o direito de decidir se concebe  ou não. Mas desde que uma vida foi gerada  no seu seio, é outro ser humano, em relação ao qual tem particular obrigação de o proteger e defender". Tudo isto razões para uma escolha, apartidaria.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:51


3 comentários

De guiga a 02.02.2007 às 17:46

Não é o aborto livre que vai fazer baixar a taxa de natalidade! Se não o fizerem pelo aborto livre, irão fazê-lo de forma clandestina!

*.*

De Jofre Alves a 02.02.2007 às 19:28

Caro Amigo, passei para ver e apreciar o teu blogue, cuja intensidade e qualidade me atrai. O tema, o aborto, é questão sensível e fracturante na sociedade portuguesa e eu já sou militante do grande partido da abstenção, pois deixei de acreditar neste ou noutro desgoverno! Bom fim-de-semana.

De Jofre Alves a 06.02.2007 às 05:09

Volto aqui ao seu blogue para “fazer” um pedido: é excelente ideia a de fazer uma recolha das expressões e dicção popular da sua região, que são, certamente, interessantes.

Quando fizer isso terá em mim um leitor permanente e agradecido.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D