Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ficar por cá eternamente

por aquimetem, em 18.11.06

          Também na outra Vida hão-de surgir muitas surpresas semelhantes... e oxalá nós as presenciemos... Hoje encontrei-me na baixa alfacinha com um amigo de velha data, por quem tenho a maior consideração, pese não partilharmos  os mesmos  sentimentos  religiosos e políticos. Muito fiel às suas convicções, este meu amigo raramente perde oportunidade de manifestar a sua oposição a tudo quanto vá contra ao seu entendimento de espiritualista que é. Se não gostava de Salazar, os comunistas com ele também não chegam a São Bento, pese o meu amigo se dizer não  "católico"...Mas que me perdoe, o  Prof.  C. de Sousa, esta  inconfidência:  aqui há uns anos atrás, estando eu  no interior da Sé Catedral, vi este meu amigo entrar sorrateiro no templo e  com toda a delicadeza fazer ali as suas orações. Vi  e gostei.         

         Nunca revelei o facto a ninguém, mas hoje vou torná-lo público  para demonstrar que nem tudo que luz é ouro, ou, então, que as aparências iludem. Isto vem reforçar o que agora sucedeu e aqui relato: Este meu amigo por alturas de Natal gosta de presentear as suas amizades com pequenas lembranças de sabor humorístico. Assim pensava eu que iria acontecer em relação  à oferta que me fez duma pequena brochura intitulada "Quatro Amigos - sessentões", mas que afinal se trata dum trabalho sério e fecundo que gerado em  www.olegario-fernandes.pt dá realce ao que de mais nobre distingue o ser humano: o Amor e a  fraternidade cristã. Dão disso exemplo no respectivo opúsculo, o José Fernandes de Almeida e o João Baeta,  ao recordarem com saudade os seus amigos, José Gabriel e  Manuel Correia, que se adiantaram na partida... para o fim de todos nós. Alguns ainda pensam que vão ficar por cá eternamente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:40



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D